Recursos do Plano Safra 2015/16 podem chegar a R$ 176 bilhões

O Secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, André Nassar, confirmou nesta terça-feira que os recursos do Plano Safra 2015/2016 podem chegar a cerca de R$ 176 bilhões, R$ 20 bilhões acima de 2014/2015. Ele afirmou que a prioridade é manter pelo menos R$ 89 bilhões dos recursos com juros controlados para custeio. Os juros do plano também estão em vias de serem definidos e podem ficar entre um e dois pontos porcentuais maiores que o da edição anterior, chegando a no máximo 8,5% ao ano.

 

O governa trabalha para ampliar em R$ 20 bilhões os recursos livres — uma parte desse aumento ocorreria por meio de mudança nas regras da Letra de Crédito Agrícola (LCA).

 

— A gente sabe que é muito importante não perder essa injeção de recursos para o Plano Safra. A grande discussão é como aumentar os recursos disponíveis. Se a safra for financiada a juros muito elevados, criaremos problema para o futuro, como não pagamento —ponderou.

 

Nassar afirmou ainda que o Banco do Brasil está sob pressão de produtores para liberar recursos para custeio. O secretário explicou que o BB tem recursos para o pré-custeio, mas ponderou que o dilema é a qual taxa emprestar:

 

— Estamos dependendo do BB para trabalhar. O BB gostaria que anunciássemos amanhã o Plano Safra, mas isso não é simples. O Plano Safra é grande e temos discussão grande de quais vão ser essas taxas. Fonte: Zero Hora

 

Curtiu esse post? Compartilhe com os amigos!

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *